Cultura 20 março, 2019

Tudo sobre a nova Galeries Lafayette na Champs Elysées

A Champs Elysées é uma parada turística obrigatória em Paris. Conhecida por suas lojas e proximidade ao Arco do Triunfo, a avenida está prestes a ganhar uma repaginada e trocar as fast shops por lojas com um perfil mais sofisticado.

A nova flagship da Louis Vuitton já está instalada no local, que em breve haverá também uma loja da Dior e da Chanel, além de outras grifes que participarão dessa mudança, entre elas a famosa Galeries Lafayette.

A loja de departamentos criou um projeto incrível para sua loja na Champs Elysées, que será inaugurada no dia 28.03 e ocupará o espaço da antiga Virgin Store. O plano? Ser mais nova e mais cool que a da Boulevard Haussmann.

Segundo a diretora da loja, Nadia Dhouib, o espaço será uma grande revolução e terá foco total no consumidor, além de quebrar certas barreiras que costumamos ver em lojas de departamento. Dentre as novidades, podemos esperar pela quebra de categorias por gêneros. Por exemplo, ao invés de encontrar um espaço para tênis do gênero masculino e outro do gênero feminino, a categoria “tênis” estará toda reunida no mesmo lugar. E serão misturadas, também, as marcas mais famosas com as de nicho.

Os vendedores serão substituídos por stylists, que foram recrutados pelo Instagram e farão treinamento especial no Instituto Francês de Moda, para assim poder dar dicas aos clientes dos produtos disponíveis na loja. Além disso, os cabides do primeiro andar da Galeries serão equipados com gadgets de tecnologia touchscreen para que o próprio consumidor possa consultar se há disponibilidade da peça em seu tamanho.

O espaço contará com uma vasta área de restaurantes, que inclui uma cafeteria no primeiro andar e uma praça de alimentação no subsolo com uma adega com 200 vinhos. Já em seu terraço, haverá dois restaurantes que serão comandados por chefs de grandes restaurantes como Loulou, Girafe e Monsieur Bleu.

Os provadores também terão novidades! Eles serão expostos no centro de cada andar da loja e contarão com luz natural e vista para a Champs Elysées. O espaço servirá também para eventos como autógrafo de livros, aulas, palestras e até shows.

Além disso, não haverão vitrines externas. O arquiteto dinamarquês Bjarke Ingels levou as vitrines para dentro da loja, em caixas de vidro suspensas que vão, além de apresentar os lançamentos do espaço, servir de palco para instalações pop-up.

Assine Nossa Newsletter

Inscreva-se para receber as nossas últimas notícias sobre moda.